“A mais bela profissão de fé é aquela que, como um raio, dissipa as trevas da sua alma.” (Padre Pio de Pietrelcina)

Notícias

5 coisas que descobriu um leigo disfarçado de sacerdote católico

Sacerdote_FlickrFranciscoOsorioCC_BY_20_030516

LIMA, 04 Mai. 16 / 06:00 pm (ACI).- “O que aconteceu quando me vesti como sacerdote: Uma investigação sobre o poder do uniforme” é o título de uma reportagem realizada como um experimento social de Tom Chiarella, que se disfarçou de sacerdote para ver e experimentar a reação das pessoas nas ruas de Chicago (Estados Unidos).

O artigo publicado pela revista ‘Esquire Magazine’, que não está costuma apresentar conteúdo católico em suas páginas, foi também recolhida pela página ChurchPop, o qual publicou uma lista com as 5 coisas descobertas por Chiarella depois de vestir-se com a clássica batina: (mais…)

Anúncios

Provas IRREFUTÁVEIS do Episcopado e Martírio de Pedro, o primeiro Papa, em Roma

Tumba-de-San-Pedro-15-509x600

Provas Irrefutáveis do Episcopado e Martírio de Pedro em Roma

Fonte: Apologistas Católicos

Ao longo dos anos, vários grupos protestantes têm formulado grandes estórias para tentar provar que o apóstolo Pedro nunca foi bispo de Roma. Passando bem longe face da evidência histórica, tradicional e arqueológica, eles mesmos têm ido tão longe a ponto dizer que ele nunca pôs os pés na Itália, nem muito menos na Cidade Imperial! (mais…)


JMJ – Nossos pecados não sumirão na base da twitada

jmj_indulgencia

A imagem acima é do site Kibeloco. Está até bacana! Convenhamos: é humor. O duro é ver a grande mídia, que deveria ser séria, reproduzir informações muito loucas sem o mínimo de apuração.

A respeito da anunciada indulgência que os participantes da JMJ poderão receber, teve manchete dizendo: “Indulgência plenária com um twit”; “Papa vai perdoar pecados de fiéis pelo Twitter”; “Seguidores do Papa no Twitter podem ter pecados perdoados”… enfim, só asneira.

Antes de tudo, é preciso entender que a indulgência NÃO concede o perdão dos pecados (explicaremos mais adiante). Os participantes da JMJ poderão obter a indulgência plenária, e também aqueles que, estando realmente impedidos de participar, acompanhem a Jornada pelo Rádio, pela TV ou pela Internet.

(mais…)


Terço com o Papa Francisco no encerramento do Mês Mariano

1_0_691724O Vicariato da Cidade do Vaticano informa que na sexta-feira, dia 31 de Maio, por ocasião da conclusão do mês de Maria, o Santo Padre Francisco rezará o Terço, às oito horas da noite (hora de Roma), na Praça de São Pedro.
Durante esta piedosa oração do Terço com o Papa Francisco, a imagem da Virgem percorrerá a Praça em procissão como que para recolher todas as nossas invocações. O Papa concluirá com uma meditação e a sua bênção apostólica.

Fonte: NEWS.VA


As mudanças no conceito de família e suas desastrosas consequências para a educação das crianças.

foto-de-familia-thumb1812137O debate em torno das novas propostas de família traz à tona uma questão que, muitas vezes, passa despercebida: a educação das crianças. O lar, conforme ensina o Papa Paulo VI, é “a primeira escola das virtudes sociais de que as sociedades têm necessidade”. A mãe e o pai, por conseguinte, têm não só o dever, mas também o direito de transmitir aos filhos aqueles tantos valores que convergem para uma correta compreensão da dignidade da pessoa humana. Portanto, esse direito dos pais é inegociável e não pode de maneira alguma ser usurpado ou vilipendiado.

Acontece, não raras vezes, de se chegar à conclusão de que a família, apesar de sua fundamental importância para a justa ordenação da sociedade, encontra-se sob constante ataque nas suas estruturas, seja por meio de ideologias, seja por ações do próprio Estado. Esses ataques nada mais são que uma ferramenta utilizada por governos totalitários, a fim de assumirem o controle da educação das crianças e, desse modo, solaparem a clareza do direito natural e suplantarem em seu lugar um novo padrão de comportamento. A técnica é muito bem apresentada na obra de Geoge Orwell, “A revolução dos bichos”, quando o Estado toma os filhotes de uma das personagens para educá-los e transformá-los em militantes do partido.

Ademais, o controle da educação das crianças é imprescindível para que o Estado consiga eliminar a fé da sociedade, pois a geração proveniente de uma escola sem valores dificilmente estará aberta aos ensinamentos da Igreja. Um caso emblemático de como esse tipo de política é danosa é a Suécia, onde as constantes ingerências do governo promoveram, de uma forma assustadora, a maior taxa de aborto em adolescentes de toda a Europa. As escolas foram transformadas em salas de bate-papo sobre sexo e os casos de estupros tiveram um aumento de 1000 porcento, como atesta Johan Lundell, secretário-geral do grupo sueco pró-vida Ja till Livet. Tudo ao arrepio da sociedade que, proibida de educar seus filhos em casa, vê-se obrigada a ter de escutar das crianças que os professores em sala de aula lhes perguntaram o que as excitavam.

(mais…)


Papa Francisco: os cristãos são humildes, pobres e mansos; os carreiristas não têm fé

1_0_685281O Evangelho do Bom Pastor com Jesus que se define “a porta das ovelhas” esteve no centro da homilia do Papa, na manhã desta segunda-feira, na missa celebrada na capela da Casa Santa Marta, no Vaticano.

Participaram da celebração alguns funcionários da Sala de Imprensa da Santa Sé, com o diretor Pe. Federico Lombardi e o vice-diretor Pe. Ciro Benedettini, e alguns técnicos da Rádio Vaticano que trabalham no parque de transmissão da nossa emissora, situado na localidade de “Santa Maria di Galeria”.

No Evangelho proposto pela liturgia do dia, Jesus diz que quem não entra no recinto das ovelhas pela porta, não é o pastor. A única porta para entrar no Reino de Deus, para entrar na Igreja – afirmou o Papa –, é Jesus mesmo.

“Quem não entra no recinto das ovelhas pela porta, mas chega até elas de outra parte, é um ladrão ou um brigante.” É “alguém que quer tirar proveito para si mesmo” – disse o Pontífice – é alguém que “quer ascender”:

“Também nas comunidades cristãs existem os carreiristas, não?, que buscam proveito próprio… e conscientemente ou inconscientemente enganam entrar, mas são ladrões e brigantes. Por que? Porque roubam a glória a Jesus, querem a glória para si e isso é aquilo que Jesus dizia aos fariseus: ‘Vós buscais a glória um ao outro…’. De certo modo, uma religião de negócio, não? Dou a glória a ti e tu dás a glória a mim. Mas estes não entraram pela porta verdadeira. A porta é Jesus e quem não entra por esta porta erra. E como faço para saber que a porta verdadeira é Jesus? Como faço para saber que esta porta é a porta de Jesus? Pegue as Bem-aventuranças e faça aquilo que dizem as Bem-aventuranças. Seja humilde, seja pobre, seja manso, seja justo…”

(mais…)